top of page
  • Foto do escritorIgor Emerich

Dica de leitura: Quem matou Jesus?

Atualizado: 11 de jun. de 2023


Nessa obra, o estudioso do Jesus histórico John Dominic Crossan analisa as narrativas da Paixão e mostra que a maior parte dessas narrativas não são históricas e sim profecia historicizada, sendo apenas uma pequena parte formada por história relembrada. Assim, não dá para entender essas narrativas como fatos históricos, e entendê-las assim ainda poderia ser perigoso. Isso porque tais narrativas apresentam os judeus como responsáveis pela morte de Jesus (um mito criado pela igreja primitiva contra grupos judeus rivais), o que levou a um antissemitismo que dura até os dias de hoje. Quem de fato matou Jesus foi o governo romano, que o via como um agitador social.


 

CROSSAN, John Dominic. Quem matou Jesus? As raízes do anti-semitismo na história evangélica da morte de Jesus. Tradução: Nádia Lamas. Rio de Janeiro: Imago, 1995. (Coleção Bereshit).


41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires

Noté 0 étoile sur 5.
Pas encore de note

Ajouter une note
bottom of page